sábado, 07 de dezembro de 2019

AMAERJ | 23 de julho de 2019 12:07

Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)

Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Delicious Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Digg Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Facebook Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Google+ Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Link-a-Gogo Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on LinkedIn Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Pinterest Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on reddit Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on StumbleUpon Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Twitter Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Add to Bookmarks Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Email Share 'Inscrições para integrar o CNJ terminam nesta quinta-feira (25)' on Print Friendly Whatsapp
Foto: Gil Ferreira/Agência CNJ

Estão abertas até esta quinta-feira (25) as inscrições para atuar como conselheiro do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) no biênio 2019-2021. As vagas são destinadas a desembargador de Tribunal de Justiça e a juiz estadual.

Leia aqui o edital. Os interessados devem encaminhar currículos pelo site do STF (Supremo Tribunal Federal). Clique aqui para acessar a área de inscrições.

Leia também: AMB e AMAERJ tratam de temas da magistratura com Dias Toffoli
Cerimônia de lançamento do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli será em 5/8
Eleições da AMB: magistrado tem duas semanas para se regularizar

Após o prazo, a presidência do STF colocará os currículos à disposição dos ministros e convocará sessão administrativa para a escolha dos nomes. A lista dos magistrados inscritos e os respectivos currículos será divulgada no site da Corte.

De acordo com o artigo 103-B, incisos IV e V, da Constituição da República, cabe ao STF indicar um desembargador de TJ e um juiz estadual para compor o CNJ. O procedimento de indicação é previsto na Resolução 503/2013 do STF.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!