sábado, 20 de julho de 2019

AMAERJ | 13 de março de 2019 15:12

Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ

Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Delicious Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Digg Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Facebook Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Google+ Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Link-a-Gogo Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on LinkedIn Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Pinterest Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on reddit Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on StumbleUpon Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Twitter Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Add to Bookmarks Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Email Share 'Renata Gil expõe problemas da Reforma a futuro presidente da CCJ' on Print Friendly Whatsapp
Deputado Felipe Francischini (sem gravata) e Renata Gil

Os magistrados estão em mobilização na Câmara dos Deputados para mostrar aos parlamentares os aspectos nocivos da Reforma da Previdência (PEC 6/2019). A presidente da AMAERJ e vice Institucional da AMB, Renata Gil, participou de reuniões, nesta quarta-feira (13), com o futuro presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ), Felipe Francischini (PSL-PR), e outros parlamentares.

A tramitação da Reforma da Previdência começará pela CCJ. O colegiado terá cinco sessões para emitir um parecer sobre os critérios técnicos da proposta e devolver o texto à Mesa Diretora da Câmara.

Renata Gil ainda se reuniu com a líder da minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), e parlamentares que integram o bloco.

Também participaram da mobilização dirigentes da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e presidentes de associações estaduais. A entidade nacional vai elaborar emendas ao texto da Reforma da Previdência.

Leia também: Juízes podem apresentar sugestões ao PL Anticrime de Moro
Reforma da Previdência tem aspectos ‘perversos’, acusa a AMB
Ministros participam de seminário no Rio sobre combate à corrupção

Reunião com a deputada Jandira Feghali

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!