quinta, 18 de janeiro de 2018

AMAERJ | 11 de janeiro de 2018 16:37

Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018

Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Delicious Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Digg Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Facebook Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Google+ Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Link-a-Gogo Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on LinkedIn Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Pinterest Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on reddit Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on StumbleUpon Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Twitter Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Add to Bookmarks Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Email Share 'Escola Nacional de Magistratura define ações para 2018' on Print Friendly Whatsapp

A diretoria da Escola Nacional de Magistratura (ENM) e o diretor de Aposentados da AMAERJ, Roberto Felinto, se reuniram na Sede Histórica da AMB para debater sobre as funções da Comissão de Direito e Arte da instituição educacional. Na ocasião foram definidos os trabalhos que serão executados ao longo de 2018.

Leia mais: Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira
AMB firma parceria acadêmica com Universidade Autônoma de Lisboa

Serão criados grupos de trabalhos sobre Direito e Cinema, Direito e Arte e Museus, Justiça e Memória. As resoluções de cada grupo serão veículadas, em vídeo, na plataforma de ensino a distância da ENM.

Participaram da reunião diretor-geral da ENM, juiz Marcelo Piragibe; da conselheira da ENM, desembargadora Claudia Pires; do diretor de Educação à Distância (EAD), professor Walter Capanema; dos professores André Sena e Rafael Mancebo; do juiz do Trabalho Maurício Drummond. Conselheiros da ENM, a juíza do TJ-MS Luciana Buriasco e o desembargador do TJMG Caetano Levi Lopes participaram remotamente.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!