segunda, 06 de abril de 2020

AMB | 10 de janeiro de 2018 11:54

AMB firma parceria acadêmica com Universidade Autônoma de Lisboa

FOTO: Divulgação AMB

A Escola Nacional de Magistratura (ENM) e a Universidade Autônoma de Lisboa assinaram convênio para manter a parceria acadêmica que garante o ingresso de magistrados brasileiros em cursos de mestrado e doutorado em Portugal e o intercâmbio de estudantes de pós-graduação. A expectativa é anunciar, em breve, a oferta de cursos de pós-doutorado.

“A AMB, por meio da ENM, está sempre atenta à formação contínua dos magistrados brasileiros. A Universidade Autônoma de Lisboa é uma grande referência na Europa, com mais de 32 anos de existência. Tem alta credibilidade perante o mundo acadêmico e entre os magistrados”, disse o presidente interino da AMB, Nelson Missias de Morais.

Leia também: Seminário compara direito societário no Brasil e em Portugal
Cesar Cury articula manutenção do programa Segurança Presente
AMAERJ assina convênio com Escola de Jiu-Jitsu Leão Teixeira

Presidente da ENM, Marcelo Piragibe lembrou que a assinatura do convênio fortalece a conexão entre as entidades e os países, principalmente, em um momento de aumento da procura dos magistrados por qualificação. “Mais de uma centena de juízes se inscreveram pleiteando a bolsa de mestrado e doutorado em 2017, o que reflete a qualidade e a importância dessa parceria. Em breve reabriremos as inscrições para os cursos que serão realizados a partir do segundo semestre”, afirmou.

A reunião de assinatura do convênio foi nesta terça-feira (9). O vice-presidente de Assuntos Legislativos Trabalhista da AMB, Maurício Drummond; o membro da Secretaria de Relações Internacionais da entidade, Antônio Rulli Júnior; e o diretor-presidente do Instituto Universitário do Rio de Janeiro (IURJ), Simão Aznar Filho, que representa a Universidade Autônoma de Lisboa participaram do encontro.