segunda, 16 de julho de 2018

AMAERJ | 11 de janeiro de 2018 12:20

Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira

Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Delicious Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Digg Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Facebook Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Google+ Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Link-a-Gogo Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on LinkedIn Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Pinterest Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on reddit Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on StumbleUpon Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Twitter Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Add to Bookmarks Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Email Share 'Enfam dobra carga horária mínima de cursos para promoção ou remoção de carreira' on Print Friendly Whatsapp

Magistrados que desejam concorrer a promoção ou remoção na carreira por merecimento terão que cumprir carga horária mínima de 80 horas-aula nos 24 meses que precedem a abertura do edital. A nova resolução da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam) dobra a carga horária dos cursos.

A medida valerá apenas para os editais publicados a partir de 19 de março de 2019. Para editais abertos antes deste período valerá a regra anterior para promoção ou remoção: carga horária de 40 horas-aula cumprida nos 12 meses anteriores à abertura da lista.

A diretora do Departamento de Aperfeiçoamento de Magistrados (DEAMA), Patsy Schlesinger, lembrou que a EMERJ (Escola de Magistratura do Rio de Janeiro) oferece cursos presenciais e a distância. “Os juízes que, a partir de 19/03/2019, concorrerem a promoção e remoção na carreira deverão participar de cursos com carga horária mínima de 80 horas-aula, sendo necessariamente o mínimo de 40 horas-aula em cada período de 24 meses”, esclareceu.

Leia mais: AMB firma parceria acadêmica com Universidade Autônoma de Lisboa
AMAERJ sorteará três passagens para o Fonajuc

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!