segunda, 17 de junho de 2019

AMAERJ | 05 de novembro de 2018 17:56

Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos

Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Delicious Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Digg Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Facebook Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Google+ Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Link-a-Gogo Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on LinkedIn Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Pinterest Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on reddit Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on StumbleUpon Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Twitter Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Add to Bookmarks Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Email Share 'Conheça os finalistas do 7º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos' on Print Friendly Whatsapp

Juíza Marcia Succi (em pé) e os jurados de Trabalhos Acadêmicos

Estão definidos os 18 finalistas da 7ª edição do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos. A Comissão Julgadora analisou os 355 trabalhos inscritos e escolheu, nesta segunda-feira (5), os finalistas das categorias Trabalhos dos Magistrados, Reportagens Jornalísticas, Práticas Humanísticas e Trabalhos Acadêmicos. Os materiais selecionados tratam de temas como escravidão, fome, imigração ilegal, violência urbana, feminicídio e prolongamento artificial da vida. Os vencedores serão anunciados na cerimônia de premiação, em 12 de novembro, às 18h, no Tribunal Pleno do TJ-RJ.

FINALISTAS:
(Ordem alfabética por autor)

• Trabalhos dos Magistrados

Excesso de Litigância e Demandas Repetitivas: Um desafio para a efetivação da cidadania pelo Judiciário Brasileiro
Autora: Juíza Priscilla Pereira da Costa Corrêa (TRF-2)

Projeto com Viver – Inclusão na Justiça
Autores: Juízes Thiago Inácio de Oliveira e Priscila Lopes da Silveira (TJ-GO)

Justo Eu
Autoras: Juízas Tula Mello e Mirela Erbisti (TJ-RJ)

• Reportagens Jornalísticas

Vidas em Trânsito
Autores: Bianca Vasconcellos e equipe
Veículo: TV Brasil

Uma por Uma
Autores: Ciara Núbia de Carvalho Alves e Julliana de Melo Correia e Sá
Veículo: Jornal do Commercio (PE)

O Mapa da Fome do Brasil
Autor: Daniel Paulino Mota
Veículo: RecordTV

A Tropa dos Confrontos
Autor: Igor Mello e Fábio Teixeira
Veículo: O Globo

Escravos no Século 21
Autora: Jennifer Ann Thomas
Veículo: Veja

• Práticas Humanísticas

Banco de dados Leoneide Ferreira – iPenha
Autores: Francisco de Jesus Lima e Liliane Oliveira

Lei Maria da Penha nas escolas
Autores: Francisco de Jesus Lima e Marcela Castro Barbosa

A janela
Autores: Izilda Aparecida Furlaneto Ferreira, Ana Beatriz da Cunha, João Pedro Vitor Arantes e Paula Dantas

Fogo cruzado
Autora: Maria Cecilia de Oliveira Rosa

Café das Fortes
Autores: Movimento Moleque e Monica Cunha

• Trabalhos Acadêmicos

Em meio de dores darás à luz: a violência obstétrica como afronta aos direitos humanos das mulheres
Autoras: Andressa Souza de Albuquerque e Lívia Pitelli Zamarian Houaiss

A violência de gênero e Lei Maria da Penha: uma análise das decisões do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Autora: Caroline Machado de Oliveira Azeredo

A espera pela justiça de transição no Brasil: da anistia à cidadania
Autores: Daniel Machado Gomes e Aline dos Santos Lima Rispoli

A difícil escolha entre viver artificialmente ou morrer com dignidade
Autor: Denis Augusto de Oliveira

O feminicídio e a cultura do ódio contra a mulher na sociedade patriarcal: conquistas e desafios
Autor: Leander Belizario da Silva

Premiação

Na categoria Trabalhos dos Magistrados, os três primeiros colocados serão premiados com troféus. Nas demais categorias, o primeiro lugar ganhará R$ 15 mil; o segundo, R$ 10 mil; e o terceiro, R$ 5 mil. Os três primeiros colocados também receberão troféus. Os outros finalistas serão homenageados com Menções Honrosas. A instituição Cáritas, vinculada à Arquidiocese do Rio de Janeiro, será homenageada com o Troféu Hors-Concours pela atuação abnegada e permanente em defesa do refugiado desfavorecido.

Compõem a Comissão Julgadora do Prêmio: Artur de Brito Gueiros Souza, Daniel Sarmento e Gustavo Binenbojm (Trabalhos dos Magistrados), Aziz Filho, José Carlos Tedesco e Sergio Torres (Reportagens Jornalísticas), Marcelo Alves Lima, Márcia Nina Bernardes, Mariana Thorstensen Possas e Adilson Cabral (Práticas Humanísticas) e Marcio Castilho, João Batista de Abreu, Cristian Wittmann e Eula D.T. Cabral (Trabalhos Acadêmicos). A premiação é coordenada pela juíza Marcia Succi (diretora de Direitos Humanos e Proteção Integral da AMAERJ).

Leia também: Dias Toffoli participará do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli
TJ-RJ cria núcleo de combate a fraudes nos Juizados Especiais
Órgão Especial aprova requerimento da AMAERJ sobre permuta de plantões

O 7º Prêmio bateu o recorde histórico de inscritos, com 355 trabalhos. O número deste ano superou as edições de 2014 (240 inscritos) e 2017 (224). Criado em 2012, o Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos celebra a memória da juíza, da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, morta em 2011, em Niterói, por policiais militares.

Os parceiros do Prêmio são Portobello Resort & Safari, Associação dos Notários e Registradores do Brasil-RJ (Anoreg-RJ), Multiplan, Confederação Nacional do Comércio (CNC), O Dia, Bradesco, Caixa e Governo Federal. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro apoia a premiação.

Comissão julgadora de Reportagens Jornalístcas e a juíza Marcia Succi

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!