terça, 10 de dezembro de 2019

AMAERJ | 31 de maio de 2019 18:09

‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ

Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Delicious Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Digg Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Facebook Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Google+ Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Link-a-Gogo Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on LinkedIn Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Pinterest Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on reddit Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on StumbleUpon Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Twitter Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Add to Bookmarks Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Email Share '‘O Globo’ e TV Globo destacam nota de repúdio da AMAERJ' on Print Friendly Whatsapp
TV Globo exibiu o site da Associação no ‘RJTV’

A edição desta quinta-feira (30) do telejornal “RJTV 2”, da TV Globo, e o jornal “O Globo” desta sexta-feira (31) noticiaram a nota de repúdio da AMAERJ às declarações do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella. A Associação ressaltou que a decisão de interditar a Avenida Niemeyer é fundamentada em “preceitos absolutamente legais”.

Assista aqui à reportagem da TV Globo.

O “RJTV 1”, da TV Globo, e os sites dos jornais “O Globo” e “Extra” já haviam repercutido a nota na manhã de quinta-feira (30). Os veículos também citaram a nota de repúdio divulgada pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro).

Reportagem do jornal “O Globo”

Leia abaixo a nota da AMAERJ completa:

Nota de repúdio

A AMAERJ repudia as declarações críticas do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ao Poder Judiciário e ao Ministério Público Estadual a respeito da decisão, fundamentada em preceitos absolutamente legais, de a Avenida Niemeyer ser interditada ao trânsito.

O histórico de desmoronamentos, deslizamentos de encostas e perda de vidas embasa a interdição de uma pista que tanto tem alarmado e infelicitado a população do Rio de Janeiro e seus milhares de visitantes.

Ao criticar a decisão do desembargador Mauro Pereira Martins, o prefeito demonstra tanto desprezar a Justiça quanto pouco se preocupar com o bem mais precioso existente no Rio ou em qualquer outro lugar deste planeta: a vida humana.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!