domingo, 18 de abril de 2021

AMAERJ | 23 de março de 2021 14:17

NOTA OFICIAL

A AMAERJ esclarece que não é juiz do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) o homem que aparece em vídeo nas redes sociais ofendendo pessoas em frente a um posto de vacinação do Município do Rio de Janeiro. Sem máscara, aos palavrões e impropérios, o senhor dizia ser juiz e brandia uma suposta carteira de magistrado.

A AMAERJ reafirma a necessidade de respeito às regras estabelecidas para contenção do vírus e repudia o comportamento do homem desconhecido e de sua acompanhante.