segunda, 19 de abril de 2021

AMAERJ | 19 de fevereiro de 2021 17:10

Juiz elogia atendimento em estadia na Sede Praiana da AMAERJ

Sede Praiana da AMAERJ

Ex-presidente da Anamages (Associação Nacional dos Magistrados Estaduais), o juiz aposentado do TJ-RJ Antonio Sbano elogiou sua estadia na Sede Praiana da AMAERJ. A instalação em São Pedro da Aldeia, cidade na Região dos Lagos, esteve em reformas até junho de 2020. Assim como a Sede Campestre (em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio), foi reaberta aos associados em agosto passado.

Acompanhado de parentes, Sbano esteve pela terceira vez no espaço desde a reforma, a última delas este mês. A família ocupou duas suítes. “O pessoal é muito atencioso, atende muito bem. A equipe se desdobra para ser agradável”, afirmou o magistrado.

A boa experiência rendeu um comentário no Facebook da Associação. Para Sbano, os destaques da hospedagem foram a prestatividade do encarregado de atendimento Edilson Moraes e da boa vontade dos cozinheiros, ao prepararem os pratos exigidos por sua restrição alimentar. O magistrado falou ainda que a Lagoa de Araruama, no trecho em frente à sede, é um bom lugar para passear e descansar.

Obras e protocolos
Fechada desde o início da pandemia, a Sede Praiana passou por reformas. Seis banheiros com infiltração e vazamentos em tubulações foram recuperados. A recuperação de paredes em alguns apartamentos e a pintura de ambientes também fizeram parte da renovação do espaço.

O espaço está aberto desde 11 de agosto, obedecendo aos protocolos sanitários por conta da pandemia de coronavírus. Veja aqui os protocolos sanitários adotados na Sede Praiana.

Reservas
A Sede Praiana da AMAERJ conta com piscina adulta e infantil, sala de ginástica e musculação, saunas seca e a vapor, hidromassagem, sala de vídeo, TV por assinatura, salão de jogos, restaurante e parque para as crianças.

Para fazer reservas nas Sedes Praiana e Campestre, entre em contato com a funcionária Cláudia Mattos pelo telefone geral da AMAERJ, (21) 3133-2315.

Leia também: Prefeitura do Rio terá de criar fundo para garantir funcionamento do VLT, decide TJ-RJ
Magistrados do Rio somam 10 milhões de sentenças, decisões e despachos
Semana Nacional da Conciliação ultrapassa os 32 mil acordos