quarta, 17 de julho de 2019

AMAERJ | 08 de maio de 2019 15:31

Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019

Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Delicious Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Digg Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Facebook Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Google+ Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Link-a-Gogo Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on LinkedIn Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Pinterest Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on reddit Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on StumbleUpon Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Twitter Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Add to Bookmarks Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Email Share 'Reunião aberta da AMAERJ tratará do Ato Conjunto 4/2019' on Print Friendly Whatsapp

Na sexta-feira (10), às 15h, a AMAERJ promoverá reunião aberta para discutir o Ato Conjunto nº 4/2019, do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) e da CGJ-RJ (Corregedoria Geral da Justiça do Rio de Janeiro), que determina a desabilitação de locais virtuais no sistema informatizado. A norma implica a abertura automática de conclusão de todos os feitos aptos à apreciação do juiz, sem que as serventias tenham sido preparadas para tão volumosa movimentação processual. O encontro será no antigo Tribunal do Júri, no Museu da Justiça (Rua Dom Manuel, 29, 2º andar, Centro).

Leia também: AMAERJ pede à CNJ providência para ‘equalizar’ força de trabalho
AMAERJ sorteia duas vagas para curso na Itália sobre a Máfia
AMAERJ aguarda TJ decidir sobre aumento de prazo para 100 dias

Confira a nota da presidente Renata Gil:

 “Estimados colegas,

No último dia 03 foi editado o ato conjunto nº 04 de 2019, que determina a desabilitação de locais virtuais no sistema informatizado, com vigência imediata.

Tal ato implica a abertura automática de conclusão de todos os feitos aptos à apreciação do juiz, sem que as serventias tenham sido preparadas para tão volumosa movimentação processual.

A AMAERJ preparou alguns requerimentos e quer ouvir dos colegas sugestões, além das que foram apresentadas em reuniões ocorridas no início desta semana com valorosos magistrados, preocupados em conseguir cumprir as novas diretrizes.

Desta forma, convidamos todos os magistrados para uma reunião aberta, na próxima sexta-feira, dia 10, às 15 horas, no Museu da Justiça, salão do antigo tribunal do júri.

Forte abraço,
Renata Gil”.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!