segunda, 17 de junho de 2019

AMAERJ | 21 de novembro de 2012 15:02

Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém

Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Delicious Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Digg Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Facebook Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Google+ Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Link-a-Gogo Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on LinkedIn Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Pinterest Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on reddit Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on StumbleUpon Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Twitter Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Add to Bookmarks Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Email Share 'Presidente da Amaerj palestra sobre mídia e Judiciário, em Belém' on Print Friendly Whatsapp

A relação entre a mídia e o Judiciário foi destacada pelo presidente da Amaerj e vice-presidente de Prerrogativas da AMB, Cláudio dell’Orto, em Belém (PA), nesta terça-feira (20). A ação faz parte da programação do XXI Congresso Brasileiro de Magistrados, que será aberto pelo vice-presidente da República, Michel Temer, hoje (21).

Na palestra, acompanhada por mais de trezentos estudantes, o presidente da Amaerj abordou a importância das duas carreiras com a verdade. Para Dell’Orto, jornalistas e magistrados devem ter consciência do trabalho que desenvolvem perante a sociedade. “Os juízes e os jornalistas não são inimigos, são parceiros na construção de uma sociedade democrática, pluralista e igualitária. Isso tudo faz parte da ideia de liberdade de imprensa que está relacionada a liberdade de julgar dos magistrados”, ressaltou.

Cláudio dell’Orto faz palestra no Pará, antes do Congresso Brasileiro de Magistrados

Cláudio dell’Orto reiterou o compromisso e dever do jornalista com a informação idônea e reafirmou a necessidade de manutenção de preceitos constitucionais como o sigilo à fonte. Segundo o vice-presidente da AMB, as carreiras voltam a se encontrar ao passo em que os jornalistas devem verificar a credibilidade da fonte, tal como o Juiz deve verificar a credibilidade da testemunha. “O jornalista diariamente vai ser cobrado e seu bem maior é a credibilidade”, afirmou.

Aos futuros operadores de Direito, o magistrado destacou a necessidade de criação de pautas positivas, comprometidas com os valores da democracia e da dignidade da pessoa humana. “O Judiciário é uma inesgotável fonte de notícias, temos que destacar o trabalho do Judiciário, pois nós seremos cobrados pelo controle social, cobrados pela imprensa, mas vamos cobrar também”, completou.

Participaram da mesa, a representante do Pró Paz, Kátia Scalzo, Cristina Lourenço, diretora do Instituto de Ciências Jurídicas da Unama, Amadeu Vidônio, coordenador adjunto do Curso de Diretor, Homero Lamarão Neto, juiz e professor da Unama.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Amaerj com informações da AMB | Foto: AMB

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!