domingo, 16 de junho de 2019

AMAERJ | 24 de fevereiro de 2011 18:40

AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos

Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Delicious Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Digg Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Facebook Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Google+ Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Link-a-Gogo Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on LinkedIn Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Pinterest Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on reddit Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on StumbleUpon Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Twitter Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Add to Bookmarks Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Email Share 'AMB pede apoio para reapresentação da PEC dos inativos' on Print Friendly Whatsapp

O presidente da AMB, Nelson Calandra, pediu ao senador Valdir Raupp (PMDB-RO) apoio para desarquivamento e reapresentação da PEC 46, que resgata a integralidade das aposentadorias e pensões para Magistrados e membros do Ministério Público. O parlamentar disse que ajudará na articulação com os líderes e com as bases partidárias para que o projeto volte a ser discutido pelo Congresso Nacional. A audiência contou com a presença de presidentes de diversas entidades representantes das carreiras jurídicas interessadas na matéria. Na oportunidade, também foi discutida a restauração do Adicional por Tempo de Serviço (ATS), que tramita como PEC no Senado.

“É preciso trabalhar as lideranças políticas de cada estado”, sugeriu o senador. O presidente da AMB sustentou que a PEC 46 é necessária, pois os Magistrados não podem exercer nenhuma outra atividade profissional e, por isso, precisam de uma segurança previdenciária, principalmente, por contribuírem integralmente durante toda a carreira para receber o benefício. “Nenhuma outra classe ou categoria de trabalho contribui com a integralidade. Não é justo que, ao se aposentar, o Magistrado receba proporcional ao seu tempo de serviço”, argumentou Calandra.

De autoria do ex-senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), a PEC 46/2008 assegura o direito dos aposentados e pensionistas da Magistratura à integralidade de seus benefícios previdenciários. No início do mês de fevereiro deste ano, o vice-presidente de Comunicação da AMB, Raduan Miguel Filho, e a diretora-tesoureira, Maria Isabel da Silva, também estiveram com Valdir Raupp para solicitar a apresentação do projeto arquivado em janeiro, no Senado Federal, já que alguns requisitos do regimento interno daquela Casa Legislativa não foram cumpridos.

Também participaram da reunião com o senador, a vice-presidente de Direitos Humanos da AMB, Renata Gil, o vice-presidente de Assuntos Legislativos da AMB, Diógenes Ribeiro, e o Conselheiro Fiscal da Associação, Roberto Felinto. Entre os representantes das demais entidades presentes, destacam-se o presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Gabriel Wedy; o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), Antonio Carlos Bigonha; o presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Marcelo Weitzel de Souza; o vice-presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Antônio Marcos Dezan, e o diretor da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) Germano Siqueira.

Fonte: AMB

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!