sábado, 16 de outubro de 2021

Destaques da Home 2 | 28 de julho de 2021 16:37

TJ designa juízas para mutirão em Juizado de Violência Doméstica

Fórum da Leopoldina

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro realizará, em agosto, mutirão para reduzir o acervo de processos relacionados à violência doméstica. O presidente Henrique Figueira designou 12 juízas para participar do esforço concentrado no 6º Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, no Fórum Regional da Leopoldina, em Olaria (Zona Norte do Rio).

As audiências serão conduzidas pelas magistradas Regina Helena Fábregas Ferreira, Tula Corrêa de Mello, Alessandra da Rocha Lima Roidis, Admara Falante Schneider, Renata Travassos Medina de Macedo, Andreia Magalhaes Araújo, Natascha Maculan Adum Dazzi, Elen de Freitas Barbosa, Juliana Bessa Ferraz Krykhtine, Juliana Cardoso Monteiro de Barros, Claudia Monteiro Albuquerque e Aline Maria Gomes Massoni da Costa.

Segundo o desembargador Benedicto Ultra Abicair, presidente da Comissão de Políticas Institucionais para Eficiência Operacional e Qualidade dos Serviços Judiciais (Comaq), a expectativa é baixar de 11 mil para 4 mil ações.

O mutirão permitirá a agilização do atendimento e a solução das demandas pendentes de decisão. De acordo com o TJ, o Juizado da Leopoldina recebe cerca de 550 processos por mês e atende a moradores do Complexo da Maré, Complexo do Alemão, Jacarezinho e Vigário Geral, além de Ramos, Penha, Inhaúma, Méier, Irajá, Ilha do Governador, Anchieta e Pavuna.

Leia também: AMAERJ reforça ADI contra lei que sufoca as finanças do Judiciário
TRE-RJ anuncia auditoria da votação eletrônica nas eleições suplementares
AMAERJ lamenta a morte do juiz Edgard Machado Massa