segunda, 19 de abril de 2021

AMAERJ | 18 de fevereiro de 2021 13:26

Revista Fórum: A um clique de distância

Magistrados do Rio participaram dos encontros virtuais AMAERJ Live

O distanciamento social foi encurtado pelas lives, webinars e premiação transmitidas em tempo real

Por Evelyn Soares

No ano em que a distância física se impôs, a agenda de eventos presenciais foi substituída pelos encontros virtuais. Debates relevantes sobre o Direito, promovidos ou apoiados pela AMAERJ, tiveram transmissão ao vivo pela internet. Também de forma inédita, a Associação realizou a cerimônia do 9ª Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos de modo digital.

Os impactos da pandemia não ficaram restritos à solenidade, em 9 de novembro. O tema e suas consequências na sociedade brasileira também foram abordados na videoconferência, com a participação de representantes dos Poderes Judiciário e Legislativo e dos finalistas das quatro categorias.

O presidente da AMAERJ, Felipe Gonçalves, homenageou os defensores da dignidade humana, especialmente em um ano tão atípico. “Como já é uma tradição da AMAERJ, celebramos nesta solenidade as causas justas da sociedade. Uma sociedade que respeita os direitos humanos cultua a civilização. Neste esforço de combate à terrível pandemia, personagens destacaram-se ao longo destes meses atrozes. O momento é de agradecimento e de reverência aos que combatem o arbítrio e defendem os direitos humanos. Em todos os campos do comportamento e do saber”, afirmou.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, enviou mensagem por vídeo. Ele exaltou a juíza Patrícia Acioli, sua aluna na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). “Esta premiação possui o intuito de perpetuar o legado da doutora Patrícia Acioli, promovendo o diálogo entre o Judiciário e a sociedade civil, bem como reconhecendo institucionalmente iniciativas e projetos voltados ao fortalecimento dos direitos humanos e da cidadania.”

Houve 323 inscrições. A categoria Reportagens Jornalísticas registrou 140, seguida por Trabalhos Acadêmicos (121), Práticas Humanísticas (43) e Trabalhos dos Magistrados (19). O Hors Concours contemplou a biomédica Jaqueline Goes de Jesus, uma das cientistas responsáveis pelo estudo que levou ao sequenciamento genético do novo coronavírus. Ela foi escolhida pelos associados em votação online.

Encontros virtuais

Os canais virtuais da Associação foram as ferramentas de conexão com o público. O site, o canal de YouTube e o perfil de Instagram transmitiram a AMAERJ Live, série de encontros em que, no palco online, magistrados e representantes do Sistema de Justiça debateram os mais diversos assuntos do Direito. Foram realizados, ainda, os webinários “Mediação em tempos de pós-pandemia” e “Discutindo a violência contra a mulher”.

Além das lives próprias, a AMAERJ fez parceria com instituições em eventos online. O webinário “Práticas adotadas pelo Poder Judiciário para a manutenção da prestação jurisdicional durante a pandemia do coronavírus” reuniu a Associação, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), a Uerj e a Universidade Nova de Lisboa (Portugal). Com a Escola da Magistratura do Rio de Janeiro (EMERJ), aconteceu a live “Regime Jurídico Emergencial de Direito Privado”.

A AMAERJ participou da organização do 3º Fórum dos Juízes da Infância e Juventude do Estado do Rio de Janeiro (Foeji-RJ), realizado de modo virtual em setembro. Divulgou, ainda, dezenas de encontros virtuais sobre Direito organizados por magistrados e instituições.

Confira aqui a revista completa.