terça, 02 de junho de 2020

AMAERJ | 04 de dezembro de 2019 12:40

Projeto ‘Adoção Segura’ conquista Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli

Ladeado pelo promotor Humberto Dalla e pelo presidente da AMB, Jayme de Oliveira, o juiz Robespierre Foureaux Alves (ao centro) recebeu o troféu

Desenvolvido pela Vara da Infância e Juventude de Maringá (Paraná), o projeto “Adoção Segura” venceu o 8º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos, na categoria Trabalhos dos Magistrados. A prática é liderada pelos juízes do TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) Robespierre Foureaux Alves e José Cândido Sobrinho. Desde a criação do projeto, em 2016, o número de adoções regulares cresceu na região.

O “Adoção Segura” combate as adoções irregulares e situações de abandono de recém-nascidos na cidade de Maringá, a partir de ações e campanhas com informações sobre a adoção e entrega voluntária de bebês. O objetivo da prática é criar e difundir a cultura da adoção segura, acompanhada pelo Poder Judiciário e feita de acordo com o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Leia também: TV Globo, RecordTV e portais repercutem 8º Prêmio Patrícia Acioli
Autoridades premiam vencedores do 8º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos
‘Magistratura para Todos’ ganha o Innovare 2019 na categoria Juiz

A premiação aconteceu na segunda-feira (2), no TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro).

Material de campanha do projeto “Adoção Segura”

Conheça os vencedores do 8º Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos:

Trabalhos dos Magistrados

 – Projeto Adoção Segura
Autores: Robespierre Foureaux Alves e José Cândido Sobrinho 

 – Programa Flor de Lótus
Autores: Elen de Freitas Barbosa, Márcia Miranda, Paulo C. Luciano, Hortencia Barros e Cristiane Barbosa 

 – Projeto Adoce: Acordos após ingestão de Dextrose Observados em Conciliações Judiciais (processuais) e Extrajudiciais (pré-processuais)
Autora: Aline Vieira Tomás Protásio 

Trabalhos Acadêmicos

 – Piquiá em Açailândia – MA: A luta pelos direitos humanos e a conquista do reassentamento coletivo
Autoras: Idayane da Silva Ferreira e Roseane Arcanjo Pinheiro

 – Das Fake News aos discursos de ódio: uma análise à luz da Constituição Cidadã nas mídias sociais
Autora: Bruna de Souza Elias

 – Quem tem medo do lobo mau? O direito à proteção da terra indígena
Autora: Natália Caye Batalha Boeira

Menção Honrosa – O protagonismo cor de rosa nos espaços de decisão política no estado do Rio de Janeiro
Autora: Lígia Silva de Sá

Menção Honrosa – Conscientizar para educar: a acessibilidade atitudinal como ferramenta de transformação social
Autora: Deborah Maria Prates Barbosa

Reportagens Jornalísticas

 – A invasão
Autor: Rafael Soares
Veículo: Jornal Extra

 – A lama que queima: compradora de minério da Vale faz vítimas no interior do Maranhão
Autora: Thais Lazzeri
Veículo: ONG Repórter Brasil

 – Brutalidade que os laudos não contam
Autor: Caio Barreto Briso
Veículo: Revista Piauí

Menção Honrosa – Sem direitos: o rosto da exclusão social no Brasil
Autores: Adriana Barsotti, Catarina Barbosa, Edu Carvalho e Carolina Moura
Veículo: Projeto Colabora

Menção Honrosa – A Besta
Autores: Henrique Beirangê e coautores
Veículo: RecordTV

Práticas Humanísticas

 – Nossa Escola é em Todo Lugar
Autores: Instituto Camará Calunga e João Carlos Guilhermino da Franca

 – Projeto Brasileirinho
Autoras: Vânia Aparecida Silva Corrêa Pinto e Jacqueline Campos Rangel

 – Projeto Luz & Autor em Braille
Autora: Dinorá Couto Cançado

Menção Honrosa – Projeto Refúgio, Migrações e Hospitalidade
Autores: Jose Antonio Peres Gediel e Tatyana Scheila Friedrich

Menção Honrosa – Projeto Papo na Obra: construindo a paz no lar
Autoras: Maria do Amparo de Sousa Paz, Cynara Maria Cardoso Veras Alves e Núbia de Caldas Brito Pereira