quarta, 24 de fevereiro de 2021

AMAERJ | 26 de dezembro de 2020 15:08

Magistrados e parentes se despedem da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi

Coroa de flores enviada pela AMAERJ

Cerca de 80 pessoas, entre magistrados, amigos e parentes, despediram-se da juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi na manhã deste sábado (26). Os presidentes Felipe Gonçalves, da AMAERJ, e Renata Gil, da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), estiveram no Cemitério da Penitência, no Caju (Zona Portuária do Rio), onde o corpo da magistrada foi velado e cremado.

O assassinato de Viviane Vieira do Amaral Arronenzi aconteceu na quinta-feira passada (24). De acordo com a Polícia Civil, a magistrada foi esfaqueada pelo ex-marido, Paulo José Arronenzi, de 52 anos. Ele teve a prisão em flagrante convertida em preventiva nesta sexta-feira (25) pela Justiça. O crime aconteceu na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio). A vítima tinha 45 anos.

A AMAERJ, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e amigos enviaram coroas de flores em homenagem à juíza, na Magistratura do Estado do Rio de Janeiro havia 15 anos. Os colegas lembraram a mulher alegre, sempre com um sorriso no rosto.

“Viviane era uma juíza doce, amada por todos. Ela era uma ótima profissional, superdedicada, reservada, meiga, que prestava jurisdição com maestria”, destacou o presidente da AMAERJ, Felipe Gonçalves.

A presidente da AMB, Renata Gil, definiu como “devastadora” a morte da juíza Viviane. “Para nós foi muito difícil. Viviane tinha a minha idade, uma pessoa discreta, dedicada ao trabalho, muito respeitada no nosso tribunal, uma profissional exemplar. Ela foi surpreendida por mais um ato de violência contra a mulher. A punição adequada para as pessoas que praticam crimes violentos é muito importante para mudar essa realidade.”

Ao término do velório, os presentes se despediram da magistrada Viviane Vieira do Amaral Arronenzi cantando o sucesso “Como é grande o meu amor por você”, música de autoria de Roberto Carlos.

Leia também: AMAERJ presta assistência emocional e jurídica à família da juíza