segunda, 19 de abril de 2021

Judiciário na Mídia Hoje | 09 de fevereiro de 2021 17:14

Justiça não aceita recurso de defesa e Ronnie Lessa e Élcio Queiroz vão a júri popular

*O Dia

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) recusou por unanimidade, nesta terça-feira (9), o recurso de defesa do PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio de Queiroz para não irem a júri popular. Eles são acusados pelo homicídio da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, que aconteceu no dia 14 março de 2018 no bairro Estácio, na Região Central do Rio. Ronnie e Élcio respondem por duplo homicídio triplamente qualificado.

Leia também: Juíza Juliana Kalichsztein é a nova ouvidora-geral da Justiça do Rio
Desembargador Cesar Cury abrirá live sobre mediação nos Estados Unidos
Cristina Gaulia cria comissões na EMERJ e nomeia 40 magistrados

Os desembargadores do TJ-RJ tomaram a decisão após ouvir a defesa e acusação, em audiência por videoconferência. A magistrada Katya Maria de Paula Menezes Monnerat disse que “a prova oral colhida nos autos trouxe sérios e concretos indícios da participação ativa dos réus no crime. 

A magistrada disse ainda que foram inúmeros depoimentos de durações expressivas que cabe ao júri popular analisar e decidir a procedência dos mesmos.