quinta, 24 de setembro de 2020

AMB | 16 de julho de 2020 15:33

Magistrado do Rio integra comissão examinadora de concurso da AMB

O juiz do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) Carlos Gustavo Direito integra a comissão examinadora do 1º Concurso de Artigos Científicos do Centro de Pesquisas Judiciais (CPJ/AMB). Ao todo, são dez integrantes entre titulares e suplentes, supervisionados pelo ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Luis Felipe Salomão. Os trabalhos serão recebidos até o próximo dia 31.

Além de Salomão, são titulares da comissão o juiz do TJ-RJ Carlos Gustavo Direito, o juiz do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) Daniel Carnio e o jornalista Márcio Chaer. Os suplentessão a vice-presidente de Assuntos Legislativos da AMB, Elayne Cantuária; a integrante da Diretoria de Prerrogativas da AMB Rita de Cássia Ramos; o desembargador do TRT-1 (Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região) Marcos Cruz; e o advogado e juiz titular do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul) Daniel Costa.

Os artigos devem ter até 30 páginas, incluindo as referências bibliográficas. São critérios de avaliação: correção de português, propriedade da forma; linguagem apropriada; estratégia de abordagem da pesquisa fonte; fundamento e retórica; e potencial de convencimento.

Os avaliadores darão notas de 0 a 30 em cada artigo. Para fazer a nota média do trabalho, a de menor valor será descartada e as quatro maiores, somadas e divididas por quatro. Textos com pontuação menor que 15 serão eliminados.

Se houver empate, o critério será a maior pontuação total. Caso permaneça, os integrantes da comissão farão a escolha.

Leia também: Webinário para magistrados debate Direito Administrativo Disciplinar
Termina nesta quinta-feira (16) inscrição para mestrado da Enfam
AMAERJ reúne especialistas em debate virtual sobre mediação

Como participar

Os interessados devem enviar o texto ao e-mail cpj@amb.com.br. Pode participar o público em geral, desde que em coautoria com algum magistrado, ativo e aposentado, ou pensionista, associado à AMB.

O objetivo do concurso é incentivar a produção acadêmica e a análise crítica dos dados de duas pesquisas realizadas pela AMB: “Estudo da imagem do Judiciário brasileiro”, em colaboração com a Fundação Getulio Vargas (FGV), e “Quem somos. A magistratura que queremos”. O tema é livre, desde que baseado nas pesquisas.

Confira aqui o edital.

Veja aqui o Anexo I do edital.

Fonte: AMB