sexta, 30 de outubro de 2020

AMAERJ | 24 de setembro de 2020 13:28

Finalistas do AMAERJ Patrícia Acioli serão anunciados no dia 30

Os finalistas do 9º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos serão conhecidos no dia 30 de setembro, quarta-feira da próxima semana. Os jurados das quatro categorias já entraram na fase final de avaliação dos trabalhos inscritos. As categorias são Práticas Humanísticas, Trabalhos Acadêmicos, Reportagens Jornalísticas e Trabalhos dos Magistrados.

Leia também: AMAERJ pede à Prolagos reparo da rede de esgoto em São Pedro da Aldeia
Webinar ‘Papo com o IAB’ analisa ferramentas de gestão ambiental
AMAERJ pede ao TJ que altere o horário das Comarcas da Baixada

No dia 30, os integrantes do júri discutirão, por meio virtual, quem serão os vencedores desta edição do Prêmio. O resultado só se tornará público em 9 de novembro, data da cerimônia de premiação.

O Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos recebeu, neste ano, 323 inscrições.

“O já tradicional Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos, seguramente um dos mais respeitados do Brasil nas áreas do jornalismo, da magistratura, da academia e do humanismo, volta este ano ainda mais forte e significativo”, afirma o juiz Felipe Gonçalves, presidente da Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro.

Os finalistas serão divulgados no próprio dia 30 no site da AMAERJ. O primeiro lugar de cada categoria receberá R$ 15 mil; o segundo, R$ 10 mil; o terceiro, R$ 5 mil. Os três primeiros colocados receberão troféus. Os demais finalistas serão homenageados com Menções Honrosas. Na categoria Trabalhos dos Magistrados, os três primeiros colocados receberão troféus.

A biomédica Jaqueline Góes de Jesus, uma das cientistas responsáveis pelo estudo que levou ao sequenciamento genético do novo coronavírus, será agraciada com a honraria Hors Concours do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos 2020. A cientista foi escolhida pelos associados da AMAERJ, por meio de votação online. Por decisão dos organizadores do Prêmio, o Hors Concours, este ano, contempla uma pessoa que tenha se destacado em ações contra a expansão da pandemia.