sexta, 24 de setembro de 2021

AMB | 13 de setembro de 2021 16:30

ENM prorroga prazo de inscrição em curso com Universidade de Salamanca

Professores brasileiros e estrangeiros integram o corpo docente

A especialização “Certificação em Compliance e Anticorrupção” teve o prazo de inscrições prorrogadas para 14 de outubro. Com vagas limitadas, o curso é resultado de acordo entre a Universidade de Salamanca (Espanha) e a ENM (Escola Nacional da Magistratura).

De acordo com a programação, as aulas (que terão tradução) acontecerão entre 15 de outubro e 4 de novembro. Durante um mês, professores renomados das instituições brasileira e espanhola levarão conhecimento e promoverão debates de temas como corrupção transnacional, lavagem de dinheiro, cooperação judiciária, corrupção privada e outros aspectos do Direito Penal e do Direito Processual Penal.

O curso terá 100 horas/aula. Todas serão virtuais – 60h síncronas e as outras 40h para a produção do trabalho de encerramento, a ser entregue em 7 de janeiro de 2022. Veja aqui a programação completa e inscreva-se.

À época em que foi firmado o acordo, o diretor-presidente da ENM, desembargador Caetano Levi Lopes, ressaltou a importância do curso. “O curso muito nos privilegia. É uma excelente oportunidade de especialização para os profissionais, visto que trata de um tema atual, complexo, matéria que tem demandado o Judiciário. Somado a isso, está o fato de termos a participação de uma instituição de extrema credibilidade e notoriedade, que é a Universidade de Salamanca”, elogiou.

A juíza Renata Gil, presidente da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) e professora do curso, celebrou a parceria entre as instituições. “A gente sabe da importância da Universidade Salamanca no mundo. É a mais antiga da Espanha. A instituição é a quarta universidade europeia e ranqueada entre as dez melhores universidades do mundo. Nós sabemos da importância de fazermos intercâmbios com países que têm a expertise dos temas que o Brasil enfrenta”, destacou.

Leia também: Justiça nega suspensão de decreto e passaporte da vacina começa a valer na quarta-feira no Rio
Associações discutem os impactos das propostas do governo sobre o RRF
Saúde suplementar é pauta de webinar da Escola da Magistratura do Rio

*Com informações da ENM