terça, 07 de julho de 2020

AMAERJ | 13 de agosto de 2019 18:00

Em ‘O Globo’, Renata Gil critica descumprimento de decisão judicial

Fotos foram feitas na sexta (9) e na segunda-feira (12) | Foto: Pablo Jacob/O Globo

O jornal “O Globo” revelou nesta terça-feira (13) que, por pelo menos três dias, o carro oficial do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, trafegou pela Avenida Niemeyer, interditada por decisão do Judiciário fluminense desde 29 de maio. Na reportagem “Chapa Branca na Niemeyer”, a presidente da AMAERJ, Renata Gil, ressaltou que Crivella não pode descumprir ordem judicial.

“A AMAERJ considera um completo desrespeito e logo por quem deveria dar exemplo. Se isso se comprovar, é crime de desobediência. Qualquer cidadão que atravesse uma interdição comete um ato ilegal, além de dar péssimo exemplo”, afirmou.

“As pessoas comuns dão a volta, enfrentam um desconforto imenso nos congestionamentos. Como pode todos obedecerem e irem por outros caminhos e o próprio prefeito entrar numa área interditada?”, destacou.

Leia aqui a reportagem completa do jornal ‘O Globo’.

No domingo (11), a AMAERJ publicou nota em defesa da independência judicial e em repúdio à prática de apresentação de recursos administrativos ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) contra decisões judiciais.

Leia também: Imprensa destaca nota da AMAERJ em defesa da independência judicial
Luiz Fux participa de noite de autógrafos no TJ-RJ
No Rioprevidência, associações discutem migração para RJPrev