quarta, 24 de fevereiro de 2021

AMB | 02 de dezembro de 2020 13:06

AMB premiará juízes inovadores no combate à violência doméstica

Serão encerradas no próximo domingo (6) as inscrições para o Ideathon, competição do AMB Lab de trabalhos que contribuam para o combate à violência contra a mulher. Os associados da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros) podem participar individualmente ou em equipe de até cinco pessoas, que deve ter ao menos uma magistrada. Serão concedidos prêmios de R$ 3 mil a R$ 7 mil.

Inscreva seu projeto aqui. Base para a maratona, o Desafio Meta 5 dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 inclui a efetivação de medidas protetivas da Lei Maria da Penha e a eficiência de trâmites eletrônicos em processos relacionados à violência contra a mulher. Os projetos inscritos na competição devem criar soluções e insights tecnológicos que impactem no atendimento ou no acesso das vítimas ao Poder Judiciário.

Leia também: Estado Democrático de Direito será debatido por especialistas
Juízes do Rio estarão no Fórum Nacional da Infância e da Juventude
STJ lança página sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais

“O objetivo axial do Ideathon é estimular a geração de insights dos magistrados para melhoria das ações desenvolvidas pelo Poder Judiciário no atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar”, afirmou a vice-diretora do AMB Lab, Keity Saboya.

Cada magistrado pode submeter somente um projeto. O primeiro lugar receberá R$ 7 mil; o segundo, R$ 5 mil; e o terceiro, R$ 3 mil. O resultado será divulgado até 12 de fevereiro de 2021. Veja aqui o edital completo. Em caso de dúvidas, entre em contato com a AMB Lab pelo e-mail lab@amb.com.br.

Veja abaixo o cronograma do Ideathon:

– Inscrições: de 6 de novembro a 6 de dezembro de 2020. Acesse o formulário de inscrições;

– Seleção preliminar de propostas: até 18 de dezembro de 2020. Clareza, criatividade e originalidade da ideia serão avaliadas pela Comissão Julgadora;

– Apresentação das ideias aprovadas de forma preliminar: de 11 a 22 de janeiro de 2021. O magistrado ou a equipe deve apresentar a ideia por videoconferência;

– Julgamento e resultado final: até 12 de fevereiro de 2021. Os critérios serão potencialidade de inovação, possíveis custos, impactos para o Judiciário, eventual usabilidade da solução e possível facilidade de implantação da solução.

*Com informações de AMB e ConJur