quarta, 24 de fevereiro de 2021

AMAERJ | 24 de janeiro de 2017 13:11

Associações iniciam estudo sobre Rioprevidência

Cópia de IMG_8968

As associações dos Magistrados, do Ministério Público, dos Procuradores e dos Defensores Públicos do Rio de Janeiro farão um estudo sobre o Rioprevidência (Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro). Os representantes das entidades se reuniram, nesta terça-feira (24), com o diretor-presidente do Fundo, Reges Moisés dos Santos, e solicitaram informações para o diagnóstico do Rioprevidência.

As quatro associações (AMAERJ, AMPERJ, APERJ e ADPERJ) contrataram uma consultoria atuarial para mapear a realidade do Rioprevidência e buscar opções para solucionar a crise previdenciária. Na reunião, as entidades apresentaram questionamentos sobre o Fundo para compor o estudo.

Participaram do encontro, Renata Gil (presidente da AMAERJ), Luciano Mattos (presidente da AMPERJ), Bruno Hazan (presidente da APERJ), Andréa Sena (vice-presidente da ADPERJ), o procurador Eric Tavares e a técnica Marília Castro, membro do Instituto Brasileiro de Atuários (IBA) e da Atuas Atuários Associados.

Cópia de IMG_8965

Cópia de IMG_8957