terça, 02 de junho de 2020

AMAERJ | 30 de julho de 2019 12:29

AMAERJ lança segunda-feira (5) o 8º Prêmio Patrícia Acioli

A 8ª edição do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos será lançada na segunda-feira (5), às 18h. A cerimônia acontecerá no Auditório Desembargador Renato de Lemos Maneschy, na sede da entidade (Rua Dom Manuel, 29, 1º andar, Centro do Rio). As inscrições estarão abertas até o dia 12 de agosto.

A premiação nacional tem quatro categorias: Trabalhos dos Magistrados, Reportagens Jornalísticas, Práticas Humanísticas e Trabalhos Acadêmicos. Inscreva-se aquiLeia aqui o regulamento.

Leia também: RioSolidario arrecada leite em pó no TJ-RJ nesta quinta-feira (1º)
Renata Gil coordena curso sobre prevenção à corrupção
Tribunal de Justiça abre inscrições para o Grupo de Sentença

O júri integrado por especialistas de destaque nas quatro áreas selecionará os premiados. Haverá cinco finalistas por categoria. O primeiro lugar de cada uma ganhará R$ 15 mil; o segundo, R$ 10 mil; o terceiro, R$ 5 mil. Os três primeiros colocados receberão troféus. Os demais finalistas serão homenageados com Menções Honrosas. Na categoria Trabalhos dos Magistrados, os três primeiros colocados receberão troféus.

A cerimônia de premiação será em 21 de outubro, às 18h, no Tribunal Pleno do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro).

Criada em 2012, a premiação celebra a memória da juíza Patrícia Acioli. Titular da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, ela foi morta em 2011, em Niterói, por policiais militares. Além de homenagear Patrícia Acioli, o Prêmio tem o objetivo de identificar, disseminar e estimular a realização de ações em prol dos direitos humanos, dando visibilidade às práticas.

Em 2018, cerca de 200 pessoas participaram da cerimônia, em que 19 defensores da dignidade humana e da cidadania foram premiados. Veja aqui os vencedores da última edição.