domingo, 18 de abril de 2021

AMAERJ | 05 de abril de 2021 12:20

AMAERJ já planeja o Prêmio Patrícia Acioli de Direitos Humanos de 2021

O 10º Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos já começou a ser planejado e organizado. Durante o feriadão emergencial decretado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) por causa da pandemia, houve duas reuniões virtuais para a apresentação dos preparativos iniciais da premiação.

A primeira reunião aconteceu em 26 de março. Entre os participantes estavam os juízes Felipe Gonçalves, presidente da AMAERJ, Márcia Succi e Daniel Konder, integrantes da comissão organizadora, além de funcionários da Associação.

Na ocasião, foram discutidas alterações no Regulamento do Prêmio AMAERJ Patrícia Acioli de Direitos Humanos e os prazos de inscrição, avaliação pelos jurados e divulgação das informações pelo site e redes sociais do Prêmio e da Associação.

Leia também: EMERJ e Fórum Brasil-Alemanha promovem webinar de Direito Civil
Formas de tortura praticadas pelo Estado serão debatidas em webinar
Revista Fórum: Sinal Vermelho se torna lei no Rio

A segunda reunião ocorreu em 30 de março. O foco do encontro virtual foram as mudanças que serão implementadas nos modos de inscrição, que passará ser inteiramente digital, feito pelos próprios concorrentes.

Todas as alterações e datas serão informadas por meio dos sites e das redes sociais, tanto da AMAERJ quanto do Prêmio.