quarta, 15 de agosto de 2018

AMAERJ | 08 de fevereiro de 2018 15:58

Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi

Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Delicious Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Digg Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Facebook Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Google+ Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Link-a-Gogo Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on LinkedIn Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Pinterest Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on reddit Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on StumbleUpon Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Twitter Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Add to Bookmarks Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Email Share 'Juiz Ricardo Lafayette suspende decisão de acionistas da Oi' on Print Friendly Whatsapp

* O Globo – Lauro Jardim

Ricardo Lafayette

O juiz da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, Ricardo Lafayette, concedeu nesta quinta-feira (8) uma liminar suspendendo os efeitos da polêmica assembleia geral que destituiu o presidente da operadora, Eurico Telles.

A assembleia, realizada ontem (7), foi urdida pelos dois maiores acionistas da Oi: a Pharol e a Societé Modiasle, ambas ligadas a Nelson Tanure.

Leia também: Fernando Viana ganha menção no 8º Conciliar é Legal, do CNJ
Juliana Kalichsztein expede decisão para apreensão de seis veículos para Conselho Tutelar em Caxias
Ficha Limpa e ‘fake news’ são prioridades de Fux no TSE

Segundo Lafayette, “a questão é singela”:

— Um grupo de acionistas pode realizar uma assembleia, que visa, entre outros objetivos, não cumprir uma decisão judicial? A resposta é desenganadoramente negativa. Aliás, a nenhuma pessoa é dada tal possibilidade, muito menos, como no caso em tela, aos sócios minoritários. Nada pior para uma atividade econômica relevante, do que a falta de confiança do mercado econômico e financeiro, em decorrência de instabilidade de sua governança.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!