domingo, 19 de maio de 2019

AMAERJ | 11 de março de 2019 17:12

Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura

Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Delicious Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Digg Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Facebook Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Google+ Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Link-a-Gogo Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on LinkedIn Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Pinterest Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on reddit Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on StumbleUpon Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Twitter Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Add to Bookmarks Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Email Share 'Dirigentes da AMAERJ definem ações em defesa da magistratura' on Print Friendly Whatsapp

Integrantes da Diretoria da AMAERJ, representantes da Associação em comissões do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e presidentes de Regionais se reuniram, nesta segunda-feira (11), na Sede Administrativa. Eles trataram de temas como defesa de prerrogativas, melhorias nos gabinetes dos juízes, turmas recursais e reforma da Previdência.

Participaram do encontro Renata Gil (presidente), Ricardo Alberto Pereira (2º vice-presidente), Eunice Haddad (secretária-geral), Marcia Succi (1ª secretária), Felipe Gonçalves (2º secretário), João Felipe Mourão (2º tesoureiro), Richard Roberto Fairclough (diretor de Defesa de Prerrogativas e Direitos dos Magistrados), Roberto Felinto (diretor de Aposentados), Maria do Carmo Gerk (presidente da Regional de Nova Friburgo), Rodrigo Moreira Alves (presidente da Regional de São Pedro da Aldeia), Criscia Curty e Anderson de Paiva Gabriel.

Leia também: À Tupi, Renata Gil alerta sobre atendimento precário à mulher vítima de violência
‘Estadão’ destaca estudo da AMB sobre a imagem do Judiciário
Prêmio Innovare 2019 abre as inscrições para a 16ª edição

A presidente Renata Gil fez um relato sobre as ações da AMAERJ no Rio e em Brasília.

Ela lembrou que Associação solicitou ao TJ-RJ a melhoria dos gabinetes dos juízes, conforme prometido pelo desembargador Claudio de Mello Tavares na campanha para a presidência da Corte. A AMAERJ criou uma comissão interna para a realização de estudos sobre o tema, que será integrada pelos juízes Ricardo Cyfer, Rodrigo Moreira Alves e Felipe Gonçalves, além de dois magistrados indicados pela presidência do TJ-RJ.

Na reunião, foram traçadas as diretrizes de trabalho nas comissões do TJ-RJ em que a AMAERJ tem representante:

• COSEG (Comissão de Segurança Institucional) – Richard Roberto Fairclough
• COJES (Comissão Judiciária de Articulação dos Juizados Especiais) – Marcia Succi
• COMAQ (Comissão de Políticas Institucionais para Eficiência Operacional e Qualidade dos Serviços Judiciais) – Eunice Haddad
• COPAE (Comissão de Políticas Institucionais para Integração da Gestão Estratégica, Financeira e Orçamentária) – João Felipe Mourão
• CGTIC (Comitê de Governança de Tecnologia da Informação e Comunicação) – Criscia Curty
• COMAP (Comissão de Apoio aos Magistrados Aposentados e Pensionistas) – Roberto Felinto
• CODIV (Coordenadoria Judiciária de Articulação das Varas com competência em Dívida Ativa) – Rodrigo Moreira Alves
• CGSI (Comitê Gestor de Segurança da Informação) – Anderson de Paiva Gabriel

Quanto à distribuição de servidores, os magistrados ressaltaram que não há mais sentido a divisão entre cartório e gabinete, em razão do processo eletrônico.

Ainda foi destacada a necessidade de usar a inteligência artificial, com o objetivo de agilizar os processos, como pesquisa de endereços e penhora online de forma automática. Também foi discutido o acesso por parte dos magistrados ao Portal de Segurança do Estado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!