terça, 15 de outubro de 2019

AMAERJ | 10 de julho de 2019 17:39

Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais

Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Delicious Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Digg Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Facebook Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Google+ Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Link-a-Gogo Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on LinkedIn Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Pinterest Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on reddit Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on StumbleUpon Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Twitter Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Add to Bookmarks Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Email Share 'Presidentes tratam de Reforma e resolução sobre redes sociais' on Print Friendly Whatsapp
Presidente Renata Gil na reunião com dirigentes de todas as associações | Foto: AMB

A presidente da AMAERJ e vice Institucional da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Renata Gil, participou da reunião da entidade nacional com os dirigentes das associações estaduais, nesta quarta-feira (10), em Brasília. Os presidentes discutiram as estratégias de atuação na Reforma da Previdência (PEC 6/2019) e na proposta de resolução do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) sobre o uso de redes sociais pelos magistrados.

Reforma da Previdência

A proposta deve ser votada no Plenário da Câmara ainda nesta quarta-feira. A Frentas (Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público) trabalha pela aprovação dos destaques para alterar o texto da Reforma, especialmente em pontos como regras de transição, pensão e alíquotas.

Na reunião, os presidentes também debateram o trabalho das associações que deverá ser realizado no Senado, onde a PEC chegará se for aprovada em 2º turno pelos deputados.

Redes sociais

O CNJ começou a analisar uma proposta de regulamentação do uso de redes sociais pelos magistrados brasileiros. O projeto de ato normativo é resultado de estudos realizados pelo grupo de trabalho do Conselho. No encontro desta quarta-feira, os dirigentes associativos trataram da posição das entidades em relação ao tema.

A juíza do TJ-RJ Flávia Balieiro (3ª Vara Cível de Barra Mansa) também participou da reunião, onde foi assinado convênio com a Associação Nacional de Magistrados do Chile (ANM) por uso recíproco das sedes recreativas das entidades dos dois países.

Leia também: Associados poderão se hospedar em sedes recreativas no Chile
Eleições da AMB acontecerão de 5 a 8 de novembro
Cursos para magistrados na EMERJ batem recorde de participação

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!