terça, 23 de julho de 2019

AMAERJ | 04 de outubro de 2018 15:46

Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança

Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Delicious Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Digg Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Facebook Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Google+ Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Link-a-Gogo Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on LinkedIn Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Pinterest Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on reddit Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on StumbleUpon Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Twitter Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Add to Bookmarks Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Email Share 'Placa de carro no padrão Mercosul é ‘novo conceito’ para segurança' on Print Friendly Whatsapp

Nova placa no padrão Mercosul | Foto: Rafael Pereira/ Destak

O Rio de Janeiro é o estado-piloto na implantação da placa de carro no padrão Mercosul. O novo modelo, lançado no início de setembro, possui um QR Code no lugar do lacre para reduzir as chances de clonagem. Para Leonardo Jacob, presidente do Detran-RJ (Departamento de Trânsito do Rio), a placa é “um novo conceito que dará uma enorme contribuição para a segurança pública do estado”.

“É uma conquista. Terá benefícios anticlonagem e vários itens de segurança. Além disso, terá o mesmo preço da antiga”, disse Jacob.

Leia também: Seminário da EMERJ destaca os 30 anos da Constituição
Afastamento de juíza levanta debate sobre saúde mental da magistratura
São Paulo sediará a Fenalaw 2018

Alexandre Baldy, ministro das Cidades, afirmou que esta “é uma nova etapa que vai gerar segurança e a possibilidade de se encerrar, esperamos nós, definitivamente, as fraudes e clonagens. E posteriormente, [queremos] buscar o monitoramento de peças de veículos furtados e roubados para que consigamos dar respostas à população”.

Além do QR Code, a placa tem marca d’água e virá com quatro letras e três números. Ela tem o símbolo do Mercosul e as bandeiras do país, do Estado e do município.

A nova placa custa R$ 219,35, mesmo valor das atuais. Atualmente, a mudança é obrigatória em casos de compra de carros zero quilômetro, transferências de propriedade ou de município, mudança de categoria ou substituição de placas danificadas.

A partir de 1º dezembro, a mudança passará a valer para todo o país. Dos países-membros do Mercosul, Argentina e Uruguai já implantaram a novidade.

Fontes: O Dia, Destak e Rede Globo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!