quarta, 26 de junho de 2019

AMAERJ | 11 de janeiro de 2019 11:26

Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais

Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Delicious Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Digg Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Facebook Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Google+ Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Link-a-Gogo Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on LinkedIn Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Pinterest Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on reddit Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on StumbleUpon Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Twitter Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Add to Bookmarks Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Email Share 'Notícia falsa sobre o Plantão Judiciário circula em redes sociais' on Print Friendly Whatsapp

É falsa a mensagem que circula nas redes sociais dirigida aos “moradores do Rio de Janeiro” informando que o Plantão Judiciário do Tribunal de Justiça existe “somente para resolver problemas relativos a atendimento de planos de saúde”. A mensagem diz ainda que os servidores que atuam no Plantão “farão contato com o hospital e o plano de saúde para solucionar o problema”. Isso não é verdade.

O Plantão foi criado para receber pedidos, ações, procedimentos e medidas judiciais de caráter urgente.

São analisados casos que ponham em risco um direito relevante e não possam aguardar decisão judicial no expediente normal, como habeas corpus, prisão preventiva, busca e apreensão, saúde e cumprimento de mandados judiciais específicos.

Leia também: Comissão de juristas propõe leis mais duras para organizações criminosas
Recorde em 2018: 770 magistrados participam dos cursos da EMERJ
3ª Vara da Fazenda bloqueia bens do ex-governador Pezão

O Plantão Judiciário funciona no Fórum Central (Rua Dom Manuel, s/nº, Centro).

Fonte: CGJ-RJ

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!