terça, 12 de dezembro de 2017

AMAERJ | 22 de novembro de 2017 13:32

Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho

Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Delicious Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Digg Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Facebook Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Google+ Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Link-a-Gogo Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on LinkedIn Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Pinterest Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on reddit Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on StumbleUpon Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Twitter Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Add to Bookmarks Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Email Share 'Nota oficial da AMAERJ sobre pronunciamento de Anthony Garotinho' on Print Friendly Whatsapp

A AMAERJ manifesta apoio ao juiz eleitoral de Campos dos Goytacazes, atacado pelo ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, em nota pública nesta quarta-feira (22), após ter decretado a prisão do político e de sua mulher, Rosinha Garotinho.

Ao longo de processo judicial por crime eleitoral, inúmeras vezes o ex-governador fez acusações sem provas contra membros do Judiciário fluminense.

Nesta quarta-feira, o ex-governador volta a atacar magistrados do Rio. Mistura fatos e personagens sem nenhuma relação, com o objetivo de confundir o público, vitimizar-se e desviar o foco do processo judicial, que resultou em sua nova prisão.

A custódia de presos é de responsabilidade da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), do Governo do Estado, não do Judiciário.

Os juízes atuam com independência funcional em cumprimento da lei. A magistratura continuará dedicada ao trabalho sério e de alta qualidade, que fortalece o Poder Judiciário, pilar do Estado Democrático de Direito.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gerson Arraes 2017-11-23 07:57:36

Com que autoridade esses dois cidadãos investem contra a Magistratura Fluminense? Todos sabemos que a acusação provem do Ministèrio Pùblico, o qual, analisando os fatos trazidos ao seu conhecimento, oferece denùncia em face dos investigados, detonando a Ação Penal. Não se justifica o òdio da famìlia Garotinho contra o Judiciàrio, que tem por missão examinar as provas produzidas pelo "Parquet"e finalmente julgar os acusados, os condenando ou os absolvendo. Se vigam contra a pessoa errada.

O comentário não representa a opinião da AMAERJ; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Eduardo das Chagas Muniz 2017-11-23 09:16:30

Felicito a direção da AMAERJ pela rápida e indispensável manifestação de apoio ao colega.

O comentário não representa a opinião da AMAERJ; a responsabilidade é do autor da mensagem.