terça, 12 de dezembro de 2017

AMAERJ | 06 de setembro de 2017 22:04

Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância

Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Delicious Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Digg Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Facebook Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Google+ Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Link-a-Gogo Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on LinkedIn Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Pinterest Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on reddit Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on StumbleUpon Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Twitter Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Add to Bookmarks Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Email Share 'Justiça Eleitoral do Rio antecipa e supera a meta do CNJ na 1ª instância' on Print Friendly Whatsapp
 

Fonte: TRE-RJ

A Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro já superou, antecipadamente, a Meta 1 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na 1ª instância. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (6), na sessão plenária do TRE-RJ, pelo vice-presidente e corregedor regional eleitoral, desembargador Carlos Eduardo da Fonseca Passos.

Em relação à Meta 1 (“Julgar mais processos que os distribuídos”), o desempenho das zonas eleitorais do Estado do Rio, até o momento, é de 102,19%. No que se refere à Meta 2 (“Julgar processos mais antigos”, ou seja, os distribuídos até 31 de dezembro de 2015, o índice alcançado é de 97%.

“Parabenizo os magistrados pelo esforço e dedicação, que nos permitiram alcançar resultados tão expressivos”, elogiou o desembargador Fonseca Passos, no que foi acompanhado pela presidente do TRE-RJ, desembargadora Jacqueline Montenegro. “Faço questão de registrar aqui que todo o plenário parabeniza os juízes eleitorais pelo empenho demonstrado”, disse a magistrada.

O vice-presidente destacou, ainda, o índice de 86,3% de eficiência alcançado pelas zonas eleitorais fluminenses no Portal Transparência de Indicadores e Metas da Justiça Eleitoral (Port-CRE), que leva em consideração parâmetros como taxa de congestionamento, processos parados há mais de 30 dias, processos expedidos há mais de 30 dias, demora no registro de decisões e grau de cumprimento da Meta 2 do CNJ.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!