sexta, 23 de agosto de 2019

AMAERJ | 27 de fevereiro de 2019 14:19

Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’

Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Delicious Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Digg Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Facebook Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Google+ Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Link-a-Gogo Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on LinkedIn Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Pinterest Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on reddit Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on StumbleUpon Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Twitter Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Add to Bookmarks Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Email Share 'Wagner Cinelli lança álbum ‘Urca Bossa Jazz no Carnaval’' on Print Friendly Whatsapp
Desembargador Wagner Cinelli e juiz Felipe Gonçalves

O desembargador Wagner Cinelli lançou, nesta terça-feira (26), o CD “Urca Bossa Jazz no Carnaval”. O álbum tem oito músicas – todas de autoria do magistrado, três delas em parcerias. Representaram a diretoria da AMAERJ o juiz Felipe Gonçalves (2º secretário) e o desembargador Antonio José Carvalho (diretor da área Social e Comunicação).

O lançamento ocorreu no auditório Renato de Lemos Maneschy, da AMAERJ, onde o desembargador recebeu amigos e distribuiu autógrafos. A ideia de lançar um produto voltado para o Carnaval nasceu em novembro passado – quando outro disco estava em produção. O resultado foi um álbum com quatro marchinhas, três sambas e um choro.

Desembargadores Antonio José Carvalho e Wagner Cinelli

Mais que um hobby, a música é uma companheira de longa data de Cinelli. “A música existe na minha vida desde criança. Ela chegou primeiro [que o Direito], e é uma paixão na minha vida. O que mais gosto é de compor. Comecei a gravar, e não parei mais”, contou.

Leia também: Renata Gil participa de cerimônia de posse do TRE-MA
Alexandre Abrahão cita presidente da AMAERJ em decreto de prisão de espancador
Magistrados participam do curso ‘Português Forense’, da EMERJ

Cinelli conta que, quando jovem, participou da banda Hein?, cujo vocalista era o cantor Vinny – que se tornou sucesso nos anos 2000. Ele focou na carreira no Direito e anos depois, em 2003, decidiu voltar ao estúdio para criar seu primeiro álbum, com músicas instrumentais. “Aí comecei a gravar, e não parei”, disse.

O coquetel de lançamento contou com a presença de desembargadores, como os seus colegas da 17ª Câmara Cível: Edson Aguiar, Elton Leme, Márcia Alvarenga e Flávia Romano.

A renda da venda dos discos no evento será revertida ao Projeto SOM+EU, que promove educação musical para crianças, adolescentes e jovens do Morro da Providência, na zona portuária do Rio. O álbum “Urca Bossa Jazz no Carnaval” está disponível em diversas plataformas online, como Spotify e Deezer. É possível adquirir o CD físico ou digital no site www.tratore.com.br.

Show de lançamento

Nesta quarta-feira (27), o Centro Cultural Museu da Justiça sediará o show de lançamento do CD Urca Bossa Jazz no Carnaval e do clipe de animação da marchinha “Dispare Notas Musicais”. A proposta é usar a música como instrumento contra a violência. A inspiração para a letra surgiu de um projeto social idealizado pelo jornalista e promoter de Carnaval Sergio Cinelli, quando trabalhou na Secretaria Estadual de Bem Estar Social.

“Um dia, preocupado com notícias de jovens armados em comunidades, ele me ligou para contar sobre a sua ideia de desenvolver um projeto social de musicalização de jovens em áreas carentes com o slogan ‘dispare notas musicais’”, lembra o desembargador Wagner Cinelli, que fez a letra em parceria com o músico Matheus Von Kruger.

A banda lança marchinhas há quatro carnavais, sempre acompanhadas de clipes de animação. A primeira, lançada em 2016, foi a “Lava Lava”, inspirada na Operação Lava Jato. No ano seguinte, “Pena da Galinha” surgiu da afirmação do ministro Teori Zavaski de que as delações premiadas eram como puxar uma pena e vir a galinha inteira. “Contramão”, lançada ano passado, trouxe o tema das transgressões coletivas.

No show de lançamento, será apresentado pela primeira vez ao público o clipe de animação “Dispare Notas Musicais”, elaborado por Lucas Chewie, que também fez o clipe de “Contramão” (2018). “Escolhemos há alguns anos a linguagem da animação para apresentar nossas canções ao público e vem surtindo um efeito positivo, pois o recurso audiovisual permite que as músicas ganhem o mundo, atingindo novos públicos”, ressalta.

Desembargadora Flávia Romano
Desembargadora Márcia Alvarenga
Desembargador Edson Aguiar
Desembargador Elton Leme
Desembargador Celso Ferreira Filho
Desembargador Ricardo Couto
Desembargador Mauro Martins
Desembargador Henrique Filgueira
Desembargador Custódio Teles (esq.) e filho

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!