sexta, 23 de agosto de 2019

AMAERJ | 22 de maio de 2019 17:12

Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara

Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Delicious Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Digg Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Facebook Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Google+ Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Link-a-Gogo Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on LinkedIn Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Pinterest Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on reddit Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on StumbleUpon Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Twitter Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Add to Bookmarks Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Email Share 'Desembargador do TJ-RJ trata de Reforma da Previdência na Câmara' on Print Friendly Whatsapp
Desembargador Marcelo Buhatem e deputado Marcelo Ramos

Em interlocução com deputados federais, nesta quarta-feira (22), na Câmara, o desembargador do TJ-RJ Marcelo Buhatem discutiu mudanças no texto da Reforma da Previdência (PEC 6/2019). Ele conversou com o presidente da Comissão Especial da PEC, Marcelo Ramos (PR-AM), e o presidente da CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania), Felipe Francischini (PSL-PR).

O magistrado também se reuniu com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e os deputados Pedro Paulo (DEM-RJ), Hugo Leal (PSD-RJ), Valtenir Pereira (MDB-MT) e Professor Joziel (PSL-RJ).

Interlocução com o deputado Felipe Francischini
Deputado Valtenir Pereira e desembargador Marcelo Buhatem

As associações e magistrados de diversos Estados estão mobilizados para defender o funcionalismo público. Nas reuniões com os parlamentares, os juízes apresentam os aspectos nocivos da Reforma e os pontos que precisam ser alterados, como alíquota, regras de transição e pensão por morte. As associações também trabalham para retirar os Estados e municípios da PEC.

Na última semana, a presidente da AMAERJ e vice Institucional da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), Renata Gil, e dirigentes de entidades estaduais apresentaram emendas e colheram assinaturas dos líderes dos partidos.

Leia também: Renata Gil leva ao Congresso emendas à Reforma da Previdência
‘Temos que interferir no processo da Previdência’, diz Vanice Valle
CNJ arquiva reclamação contra juiz defendido pela AMAERJ e AMB

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!