sexta, 06 de dezembro de 2019

AMAERJ | 13 de agosto de 2019 18:50

Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos

Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Delicious Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Digg Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Facebook Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Google+ Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Link-a-Gogo Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on LinkedIn Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Pinterest Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on reddit Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on StumbleUpon Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Twitter Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Add to Bookmarks Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Email Share 'Corregedor informa que só quatro magistrados estão em fase de complementação de informações sobre cursos' on Print Friendly Whatsapp
Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro | Foto: Matheus Salomão

Em nota apresentada nesta segunda-feira (12), o corregedor-geral da Justiça do Rio de Janeiro, Bernardo Garcez, esclareceu que, dos 44 magistrados intimados pela Corregedoria, 40 apresentaram os documentos comprobatórios das conclusões dos cursos de aperfeiçoamento. Os demais apresentaram justificativas, que serão examinadas.

A informação reforça a compreensão de que a intimação pelo meio disposto na Consolidação Normativa da Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro (artigo 3°, parágrafo único) seria suficiente para os esclarecimentos perquiridos pela Corregedoria.

A exiguidade do prazo estabelecido para quem não dispõe dos documentos, sob pena de expedição de ofício ao Ministério Público por improbidade, tal como consta dos mandados de intimação cumpridos por oficial de Justiça, foi objeto do PCA (Procedimento de Controle Administrativo) proposto pela  AMAERJ ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na última quarta-feira (7).

A concessão da dilação de prazo para os magistrados pelo corregedor é medida que atende ao processo legal administrativo. A AMAERJ considera que a suspeita de eventual prática de ilegalidade por parte de qualquer associado não exime a observância das garantias funcionais e constitucionais da magistratura.

Leia também: Em ‘O Globo’, Renata Gil critica descumprimento de decisão judicial
Luiz Fux participa de noite de autógrafos no TJ-RJ
Juizado na Barra inaugura espaço para o Projeto Violeta

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!