terça, 17 de setembro de 2019

AMAERJ | 13 de junho de 2019 16:15

Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário

Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Delicious Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Digg Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Facebook Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Google+ Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Link-a-Gogo Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on LinkedIn Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Pinterest Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on reddit Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on StumbleUpon Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Twitter Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Add to Bookmarks Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Email Share 'Aposentados e pensionistas terão que fazer recadastramento bancário' on Print Friendly Whatsapp
Agência do Bradesco | Foto: Jonathan Heckler/JC

Os magistrados e servidores aposentados e pensionistas deverão atualizar seus dados cadastrais em agência ou posto de atendimento do Banco Bradesco. De acordo com o Aviso TJ nº 44, publicado no Diário da Justiça Eletrônico, o prazo para o recadastramento está aberto até novembro.

Desde o início do mês, os magistrados e servidores ativos já realizam a atualização. O objetivo da medida é atender as funcionalidades do eSocial (Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas), de adesão obrigatória por todos os órgãos da administração pública.

Leia também: Sorteio de vagas para curso ‘Recuperação e gestão de activos’ termina na sexta-feira
Magistrados do Rio conhecem juiz que condenou mafiosos italianos
AMAERJ requer a suspensão do Novo Estudo de Lotação

Todos deverão comparecer pessoalmente, apresentando carteira de identidade funcional expedida pelo Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro ou carteira de identidade, com data de emissão igual ou inferior a 15 anos; CPF (Cadastro de Pessoa Física); e comprovante original de residência (conta de consumo de água, energia elétrica, telefone ou correspondência bancária) emitido há no máximo seis meses.

Os magistrados e servidores com finais de matrícula 0, 1, 2 e 3 que se recadastraram em 2019 estão dispensados de comparecer ao banco.

Como forma de evitar transtornos nos dias de maior movimento nas agências bancárias, o Bradesco apresentou sugestão de período preferencial para aqueles que optarem por efetuar o cadastramento com maior tranquilidade, de acordo com o número final de cada matrícula. Confira o cronograma de recadastramento:

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RAUL CELSO LINS E SILVA 2019-06-13 20:55:17

GOSTARIA DE SABER SE MAGISTRADO APOSENTADO QUE OPTOU PELO DEPÓSITO DOS VENCIMENTOS MENSAIS NO BANCO ITAU TAMBÉM PRECISA ATUALIZAR O CADASTRO. GRATO.

O comentário não representa a opinião da AMAERJ; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diego 2019-06-14 10:51:33

Sim, Dr. Raul. Segundo a DIMAG (Divisão de Pessoal da Magistratura), é necessário também.

O comentário não representa a opinião da AMAERJ; a responsabilidade é do autor da mensagem.