terça, 19 de março de 2019

AMAERJ | 14 de março de 2019 13:11

AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência

Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Delicious Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Digg Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Facebook Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Google+ Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Link-a-Gogo Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on LinkedIn Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Pinterest Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on reddit Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on StumbleUpon Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Twitter Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Add to Bookmarks Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Email Share 'AMAERJ trabalha contra injustiças da Reforma da Previdência' on Print Friendly Whatsapp
Presidente Renata Gil se reuniu com o presidente da CCJ da Câmara

Os aspectos perversos da Reforma da Previdência (PEC 6/2019) estão sendo destacados pela AMAERJ em reuniões com deputados federais. Desde esta quarta-feira (13), a presidente da Associação e vice Institucional da AMB, Renata Gil, faz a interlocução com os parlamentares, em Brasília. A entidade acompanhará de perto e com muita atenção a tramitação da proposta no Congresso e atuará para impedir o fim da previdência pública, em defesa da magistratura.

Na tarde desta quarta-feira (13), Renata Gil se reuniu com o deputado Felipe Francischini (PSL-PR), eleito horas depois presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania (CCJ). A tramitação da Reforma da Previdência começa pela CCJ. O colegiado terá cinco sessões para emitir o parecer sobre os critérios técnicos da proposta e devolver o texto à Mesa Diretora da Câmara. A votação em plenário deverá acontecer em junho.

Na CCJ, a AMAERJ batalhará pela queda da desconstitucionalização inserida na proposta do governo federal. Junto à AMB, a entidade vai elaborar emendas ao texto da Reforma da Previdência no Congresso.

“Vamos lutar bravamente contra esse assaque aos que trabalham e contribuem por mais de 50 anos para o fundo previdenciário”, afirmou Renata Gil.

Em abril, a AMAERJ promoverá encontro com os magistrados, no Rio, para esclarecer dúvidas sobre a proposta. Participe!

Leia também: AMAERJ promove no Rio debate sobre a Reforma da Previdência
Especialistas em Previdência apontam questões a serem enfrentadas na PEC
Renata Gil expõe problemas da Reforma a presidente da CCJ
AMB apresentará emendas ao projeto de Reforma da Previdência

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seja o primeiro a comentar!